Foto: Floriano Lima
04 e 05/10/2017- I Ciclo de Tragédias da UEAP
O Colegiado de Filosofia da Universidade do Estado do Amapá realizará, nos dias 04 e 05 de outubro, o "I Ciclo de Tragédias da UEAP". Organizado pelos professores Luiz Maurício Menezes e Maria Elizabeth Godoy, ambos pertencentes à universidade.
Serão encenadas três peças gregas da Antiguidade Clássica, sendo elas "Édipo Rei" (Sófocles), "Sete contra Tebas" (Ésquilo) e Antígona (Sófocles).
A entrada é franca, havendo certificado de participação para ouvintes/espectadores.

Saiba mais: A Tragédia é uma forma de dramatização caracterizada por sua seriedade e a presença da representação de deuses, do destino ou de contextos da sociedade. Derivada da poética e da tradição religiosa da Grécia Antiga. Ésquilo é conhecido como o pai da tragédia. Seus personagens são grandes heróis que lutam contra os caprichos dos deuses, ou ainda contra a força do destino. Com Sófocles, a tragédia grega alcançou a perfeição. Seus argumentos eram retirados das mesmas fontes mitológicas de Ésquilo, mas seus argumentos apresentam-se de forma mais desenvolvida e variada. Foi ele quem introduziu o terceiro ator, além do desenvolvimento do diálogo adquirindo muita importância. Seus personagens, ao contrário de Ésquilo, apesar de ainda sofrerem grande influência do destino, não se tratam mais de heróis que são movidos pela fatalidade, e sim de homens que possuem vontade própria. 

Tragédia  

Foto: Reprodução

 

 

 

Publicado em: Quinta-feira, 28 de Setembro de 2017 por Assessoria de Comunicação - ASCOM
Campus I
Av. Presidente Vargas, nº 650
Centro | CEP: 68.900-070
Campus Graziela
Av. Duque de Caxias, 60
Centro| CEP: CEP: 68900-071
NTE - Núcleo Tecnológico
Rua General Rondon, 1207
Centro | CEP: 68.900-082
Copyright © 2017. Portal Universidade do Estado do Amapá.
(96) 2101-0506
ueap@ueap.edu.br